Inicio / Irlanda / Curiosidades da Irlanda / Você sabe por que é que não existem cobras na Irlanda?

Você sabe por que é que não existem cobras na Irlanda?

Como você sabe,  no dia 17 de março — é comemorado o Dia de São Patrício, o padroeiro da Irlanda. Esse famoso santo, brindado não só por irlandeses, mas por cervejeiros e simpatizantes de todo o mundo, teria sido autor de uma série de milagres. E entre seus feitos mais importantes estaria o de expulsar todas as cobras da Irlanda.

Castelo-irlanda

 

Segundo a lenda, Paddy — como o santo é carinhosamente conhecido — resolveu perseguir todas as cobras até elas acabarem morrendo no mar depois de as chatas tentarem atacá-lo enquanto ele cumpria um período de jejum de 40 dias no topo de um morro. Pois, apesar de a história ser cativante, o fato é que realmente não existem serpentes na Irlanda. Mas, por que não?

 

Muito fria e muita água

De acordo com James Owen da National Geographic, a Irlanda é um dos poucos lugares do mundo, juntamente com — tomem nota, ofidiofóbicos! — a Antártida, Nova ZelândiaIslândia o Havaí e a Groelândia, por exemplo, que não possuem cobras (nativas) em seu território. Aliás, não há qualquer evidência, seja em registros históricos ou nas coleções de fósseis que já foram descobertos no país, de que algum dia tenha existido uma cobra sequer por lá.Moher-Irlanda

Isso significa que São Paddy, na verdade, nunca teve que expulsar qualquer serpente inconveniente… Mas, voltando ao assunto, os cientistas sugerem que a falta de cobras na Irlanda é obra da última Era Glacial. Segundo acreditam, o frio teria tornado a ilha um local inóspito para répteis que, ao serem animais de “sangue frio”, dependem do calor do ambiente para sobreviver.

Depois, quando a Era do Gelo terminou — há cerca de 10 mil anos —, os glaciares começaram a recuar para o norte do planeta, e alguns animais, incluindo as cobras, começaram a se aventurar pela Europa. No entanto, no caso da Irlanda, é possível que os mares que envolvem a ilha tenham servido de empecilho para as cobras chegassem até o local.

E a Inglaterra?

Você agora deve estar se perguntando “e na Inglaterra, que também é uma ilha, por que é que existem cobras por lá então?”. Pois há cerca de 6,5 mil anos, o território estava ligado ao continente europeu por uma braço de terra, o que permitiu que animais — incluindo algumas espécies de serpentes — acabassem migrando para lá.

Entretanto, a ligação que de terra que existia entre a Inglaterra e a Irlanda foi cortada 2 mil anos antes disso, quando o nível dos mares começou a subir por conta do degelo dos glaciares e o território ainda era frio demais para abrigar répteis. Assim, apesar de alguns animais terem migrado para as terras irlandesas — como foi o caso dos linces, javalis e ursos-pardos —, as cobras não conseguiram chegar lá antes de o local ser isolado pelas águas.

 

Generica 300x250

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook