Inicio / Outros destinos / 5 dicas que farão você fazer uma parada em Joanesburgo

5 dicas que farão você fazer uma parada em Joanesburgo

A áfrica do sul vem sendo um ponto de escala de muitas companhias área, Johanesburgo é a maior cidade e tem o principal aeroporto da região. Para quem não tem pressa de chegar em seu destino e quer aproveitar para ir explorando as curiosidades da África e fazer uma parada de uma semana pode ser uma boa dica. Algumas companhias vem oferecem o suporte para que você faça uma pausa de alguns dias entre seus vôos e assim você pode aproveitar e conhecer alguns lugares e experimentar novas culturas. Também sendo uma boa opção para viagens de longa duração, para descansar e se preparar para pegar o avião novamente.
Bem sem mais rodeios, voltando a Johanesburgo nós separamos algumas dicas para que você consiga aproveitar o Maximo possível. Separamos 5 dicas para você.

1 – Maboneng – o bairro para quem é descolado

Anteriormente uma área de fábricas e armazéns abandonados, Maboneng foi transformado em um bairro cool, cheio de vida.

Pelas ruas de Maboneng você encontra lojas com artigos de design africanos, restaurantes de vários tipo, inclusive etíope, galerias de arte, mercados de comida, boutiques, grafitti e arte urbana e muita gente estilosa.

Mas e a Segurança?

Você é seguro visitando o Rio de Janeiro? Não tenho muita certeza, claro, que devemos ter cuidado aonde irmos, mas não vai pensando que é só la, em sua cidade as vezes por menor que seja você sabe que certos pontos não se deve ir.

Mas então para quem fala que a Africa é perigoso, isso é um mito, no aeroporto por exemplo para quem só esta de passagem, você é muito bem recepcionado.

2 – Soweto um dos bairros mais importantes e cheio de vida.
SOWETO (SouthWestern Townships, ou “Bairros do Sudoeste”), dentro da cidade como eles falam, formada desde 1930 por um conjunto de bairros que serviam como moradia temporária para os negros que trabalhavam nas minas de ouro. Sob as leis do Apartheid, negros não podiam viver em áreas para brancos. Em 1983 passou a ser cidade independente, apesar de ser bem próxima a Johanesburgo.
As ruas de Soweto são carregadas de história, muito conhecidas por serem focos de resistência anti-racista durante o Apartheid e palco de diversas manifestações contra a discriminação racial, uma delas, o Massacre de Soweto, violentamente reprimida pela polícia em 16 de junho de 1976.
Então se estiver por Soweto o museu do apartheid é parada obrigatória.
Um bairro muito importante para a historia hoje se tornou um dos maiores pontos de turismos para quem deseja visitar a áfrica. A visita pode ser rápida, entre 1 hora e 1 hora e meia você pode conhecer um pouco mais sobre história e depois disso tenho certeza que muito de seus pensamentos irão mudar.
.

3 – Sinta o ímpeto e vivencie a Corrida do Ouro.

Quem nunca assistiu um desenho em que se passava no velho tempo e não pensou. “devia ser legal morar naquele tempo”, se você estiver passando pela Africa temos uma boa notícia, você poderá ter um gostinho dessa sensação.

O mundialmente famoso e exclusivamente sul-africano Gold Reef City fica a apenas oito quilômetros do centro de Joanesburgo. É um parque temático historicamente rico que replica a Joanesburgo dos velhos tempos. Faça um incrível passeio por uma mina subterrânea, veja demonstrações de derramamento de ouro, mineiros tradicionais dançando com botas de borracha e muito mais, voltando ao tempo andando com uma bicicleta antiga.

4 – Johannesburg zoo.

Ja sabemos que a africa tem animais exoticos, e muitas vezes perigosos, se sua praia não é uma savana pela Africa você pode aproveitar o zoológico e ter a “segurança” para conhecer algum desses animais.

O Zoológico de Joanesburgo é um zoológico hectare-81, em Joanesburgo, África do Sul. Fundada em 1904, tem sido tradicionalmente pertence e é operado pela cidade de Joanesburgo. No entanto, recentemente foi transformada em uma sociedade anônima e registrada como uma organização Artigo 21, sem fins lucrativos.

O zoológico é dedicada ao alojamento, cuidados de enriquecimento, pecuária, e médico de animais selvagens, e abriga cerca de 2000 indivíduos de 320 espécies. Passeios e excursões ao redor do zoológico são oferecidos sob os auspícios do departamento do zoológico educação.

.

5 – Montecasino.

Sou meio suspeito para essa dica, pois adoro jogar black jack no casino e sou um fã do poker. Mas se você é tão fã quanto eu ou um apostador compulsivo não pode deixar de conhecer o Montecasino.

Montecasino é um complexo de lazer e casino cobrindo 26 hectares de terreno localizado em Joanesburgo. Foi desenhado pela empresa americana Creative Kingdom Inc. e construído pelos arquitetos Sul-Africano Bentel e associados internacionais a um custo de R1.6 bilhões ( cada rande equivade 0,24 reais). Abriu as suas portas em 30 de Novembro de 2000 e atualmente atrai mais de 9,3 milhões de visitantes anualmente. Ele foi meticulosamente desenhado para reproduzir uma antiga vila da Toscana.  O edifício principal do casino tem um céu falso, pintado no telhado, interior vai do claro ao escuro de um lado para o outro.

Generica 300x250

Veja

Vale Do Silício

Já falamos no Andarilhando sobre São Francisco, pode ler a matéria completa clicando aqui. Mas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook